Porto.Pet Logo

Voltar ao Blog

Comportamento
Curiosidades
Nossos Clientes
Raças
Saúde

5 cuidados necessários com cães e gatos filhotes

Cuidar de filhotes, seja de filhotes de cachorro ou de gato, requer algumas atenções especiais. É importante que o tutor saiba dessas necessidades para garantir o máximo de conforto e de saúde para os pequeninos. Nesta matéria, você saberá como cuidar de filhote de cachorro e como cuidar de gato filhote proporcionando uma maior qualidade de vida para os pets. Confira!

 

 

Alguns animais que cuidam dos filhotes recém-nascidos também requerem cuidados | Foto: Pixabay

 

 

É recomendado que os filhotes passem, pelo menos, dois meses de vida com a mãe e com os irmãos. Depois disso, eles podem ir para novos lares, que podem ou não ter animais que cuidam dos filhotes, o que faz com que os cuidados sejam responsabilidade completa do tutor. Por serem pequenos e vulneráveis, eles necessitam de alguma atenção especial. Além disso, essa pode ser uma fase de adaptação ao novo ambiente em que os filhotes vão viver. Por isso, aqui estão algumas dicas para ajudar no momento de cuidar dos peludinhos! 

 

 

1. Leve ao veterinário

Assim como para os bebês humanos, o acompanhamento médico é importante no início da vida do animal de estimação. O veterinário vai aplicar as vacinas e os vermífugos necessários para o cachorro ou o gato filhote, além de orientar o tutor sobre outros cuidados, como alimentação e castração. Além disso, a ida ao profissional pode estimular o pet. A presença de pessoas, de sons e de cheiros diferentes faz com que o filhote adapte-se mais facilmente a essas condições, e as chances dele ser medroso, agressivo ou assustado no futuro são menores.

 

 

2. Prepare a casa para os filhotes

A chegada de um filhote requer adaptações no ambiente, mesmo que já exista outro animal na casa. É necessário retirar objetos que podem facilitar acidentes, reservar um lugar para a casinha, para a água e comida e para as necessidades do novo amigo de quatro patas. Essa demarcação da área é importante para que ele se acostume com o novo lar. Também é interessante colocar brinquedos macios na caminha, para deixá-lo mais confortável e preveni-lo do choro excessivo.

 

 

3. Promova o entretenimento

Esse é um aspecto importante no quesito de como cuidar de um filhote de cachorro e de gato. Eles têm um alto nível de energia, que deve ser gasta para evitar ansiedade e estresse. Já existem diversos brinquedos exclusivos para filhotes. O interessante é que eles promovam a interação do pet com o tutor, para que essa conexão seja mais lúdica e o cheiro do tutor fique no brinquedo, além de ser um momento de troca de afeto. Além disso, o entretenimento pode acontecer por meio da socialização com outros animais, já que é importante para o cão e gato relacionar-se com outros bichos desde pequeno. Assim, eles se acostumam e ficam menos estressados com a presença de estranhos.

 

 

4. Alimente de forma correta

A escolha entre os tipos de ração ou a preferência por alimentos naturais é de grande importância nessa fase e deve ser mediante a orientação de um veterinário. A alimentação correta deve ser introduzida aos filhotes para que eles se acostumem desde cedo. Nessa fase, a dieta do peludinho deve ser completa para que seu desenvolvimento seja máximo e para que a sua dentição seja estimulada. Outro detalhe importante é que o tutor deve recolher a tigela depois que ele irá comer para estabelecer uma rotina de alimentação e bem-estar.

 

 

5. Garanta um plano de saúde para pet

A rotina de cuidados de filhotes de aves, gatos ou cachorros também deve envolver atitudes relacionadas à saúde. Assim, um plano de saúde pet é uma forma de retribuir todo o afeto que existe entre os pets e os tutores. A Porto.Pet oferece três tipos de plano de saúde para cães e gatos: o Ambulatorial, de cuidados básicos; o Essencial, além do básico, que oferece também consultas com especialistas, cirurgias e internações e o plano Completo, que oferece todos os serviços anteriores e alguns outros tratamentos complementares. Esses cuidados veterinários para cachorros e felinos são abrangentes e econômicos. A Porto.Pet foi criada pela Porto Seguro, símbolo de qualidade, de confiança e de estabilidade. A expertise em seguros garante alta qualidade nas coberturas oferecidas.

Os diferentes tipos de plano de saúde pet contam com uma ampla rede credenciada para o atendimento de um cachorro ou gato filhote, auxiliando nos primeiros cuidados que os bichinhos de estimação devem receber. Entre alguns serviços oferecidos, estão especialistas generalistas, anestesistas e atendimento domiciliar. Eles também têm um amplo custo-benefício pensado para o tutor e seu pet. A vantagem financeira está nos custos mensais e nos descontos de estabelecimentos parceiros que oferecem banho, tosa e brinquedos.

Cuidar bem da saúde dos filhotes com o plano de saúde pet da Porto.Pet, além de aumentar a qualidade de vida deles, é demonstrar atenção e gratidão por todo amor que proporcionam. Não há nada melhor do que trocar carinhos e cuidados com os melhores amigos do dia a dia.

 

Referências: 

6 dicas para cuidar de filhotes de cachorro | DogHero

Como adaptar um filhote de cachorro: veja como receber o pet | Petz

Cuidados com filhotes - O que os tutores devem saber | Petz

Como cuidar de gatos filhotes: aprenda para fazer certo | Petz

5 dicas para cuidar do seu filhote de cão ou gato! - Botica Pets

Os melhores brinquedos para o seu pet

Conheça: brinquedos pet Nesse período de pandemia que estamos vivendo, é comum que os nossos bichinhos fiquem mais estressados, hiperativos e descontam em nossos móveis, sapatos ou qualquer coisa "mordivel" que encontrem pela casa. Pode ser uma dor de cabeça, mas, também, cômico.  No entanto, isso pode ser um perigo para os peludos pois ficam […]

Leia mais

Conheça os benefícios de ter um plano de saúde pet

Sabe aquela vez em que seu animalzinho ficou doente e precisou de uma consulta veterinária? Bem, conseguir dar ao seu pet o melhor tratamento, sem precisar pagar uma fortuna, é um dos grandes problemas dos tutores, uma vez que os tratamentos, exames e consultas pets costumam ser expressivamente caros. Por causa disso, empresas como a […]

Leia mais

Por que o macho faz mais xixi que a fêmea?

Para aqueles que são tutores de pet, os cuidados com a saúde do seu animalzinho são fatores fundamentais de preocupação, tendo em vista que muitas vezes problemas de saúde podem ser identificados facilmente, caso através da urina do cachorro macho e fêmea e gato macho e fêmea. Saiba, a seguir, porque o macho faz mais […]

Leia mais